A queda de cabelo é especialmente comum entre os homens. Muitos começam a perceber a perda de densidade dos fios entre os 30 e os 40 anos, mas essa faixa etária pode variar de pessoa para pessoa. A genética, o stress, alguns medicamentos, desequilíbrios hormonais e dietas muito restritivas podem acelerar esse processo de perda de cabelo, e os primeiros sinais muitas vezes são visíveis ainda na juventude. Reunimos os principais indicativos de que você está começando a ter queda de cabelo para te ajudar a lidar com a situação. Confira!

1) A hereditariedade é a principal causa da queda de cabelo

Na maior parte dos casos, a queda de cabelo é um quadro passado de geração em geração. Se seu pai e seu avô começaram a perder muitos fios ainda na juventude, é provável que você também comece a perceber uma queda acentuada na mesma faixa etária. Por outro lado, se eles mantiverem uma boa quantidade de cabelo até a terceira idade, pode ser que você também consiga preservar sues fios por mais tempo. É importante lembrar que essa não é uma regra, já que outros fatores como alimentação, doenças e stress podem afetar o ritmo da queda e do crescimento do cabelo, mas podem ser um sinal da tendência natural dos seus fios.

256454-a-genetica-e-um-fator-importante-para-de-article_media_item-2.webp

2) Começar a ficar com entradas indica queda de cabelo

Para quem tem tendência à queda de cabelo, o processo geralmente começa com os fios mais finos, que são mais frágeis. Por isso, um dos primeiros sinais de queda de cabelo e perda de densidade entre os homens é o surgimento de entradas logo acima da testa ou a partir da direção das têmporas. Os fios dessa região são os mais sensíveis, então geralmente são os primeiros a cair. A tendência é que, com o tempo, as entradas comecem a avançar pelo alto da cabeça, sendo a parte de trás e as laterias as últimas a ficarem sem cabelo. Esse padrão não é uma regra, mas é o mais comum no que diz respeito à queda hereditária.

256460-as-entradas-sao-um-dos-primeiros-sinais-article_media_item-4.webp

3) Calvície na coroa da cabeça é um dos sinais de queda de cabelo

Outra região em que o cabelo costuma cair cedo é a coroa da cabeça, na parte de trás. Muitos homens começam a perceber perda acentuada dos fios nessa área antes de chegar aos 40 anos, e com o passar o tempo a calvície vai crescendo e se expandindo para o topo da cabeça também. Esse quadro geralmente se desenvolve depois que as entradas começam a aparecer, mas também pode ter início primeiro, tudo depende da sua genética.

256451-cuidar-bem-da-saude-mental-da-alimentac-article_media_item-3.webp

4) Afinamento capilar é muito comum com o passar da idade

Passar por um processo de afinamento capilar é diferente de ter cabelo fino, e muitos homens se confundem com as definições de cada quadro. Uma coisa é o cabelo naturalmente fino, de espessura menor, que pode ser denso ou ralo ao longo de toda a vida. O afinamento é quando um cabelo naturalmente mais grosso ou intermediário passa por uma mudança drástica e se torna ralo, fino e frágil. Esse quadro é mais comum do que as pessoas pensam, tanto entre homens quanto entre mulheres, conforme a idade avança, mas os homens têm uma tendência maior a passar por ele mais cedo na vida. O afinamento geralmente acontece nas áreas em que o cabelo cai primeiro, então na parte da frente e na coroa, e pode começar antes da queda ou ao mesmo tempo que ela.

256463-a-queda-de-cabelo-masculina-afeta-homens-article_media_item-3.webp

É possível reverter a queda de cabelo em homens?

Não existe resposta única para essa pergunta, então o ideal é conversar com um dermatologista ou tricologista para avaliar exatamente como tratar o seu caso. De uma forma geral, a melhor forma de lidar com a queda de cabelo é analisando suas causas. Se você passou por um período de stress intenso ou fez grandes mudanças na alimentação, o mais importante é retomar hábitos saudáveis para cuidar da mente e do corpo e retomar o crescimento dos fios.

Independente da causa, um tratamento voltado para a reativação do crescimento dos fios desde o couro cabeludo pode ajudar a recuperar o aspecto denso dos cabelos. A linha Serioxyl, de L’Oréal Professionnel, é uma ótima pedida para quem busca um ritual contínuo e com bons resultados. O kit conta com shampoo, condicionador e mousse para styling, além do sérum Dense Hair para uso sem enxágue. O segredo da fórmula é a combinação de Glucoboost, que combina um ativo nutritivo e um elemento lipídico para alimentar a fibra, com a tecnologia Incell, que imita o cimento intercelular para preencher lacunas e fortalecer a estrutura da fibra, reduzindo a quebra.

O tratamento completo tem quatro etapas diferentes, mas é bem simples de seguir. “Você pode usar normalmente o shampoo e condicionador da linha durante o banho”, conta a hairstylist Jô Nascimento, embaixadora da marca. Eles vão retirar impurezas e hidratar a fibra capilar para mantê-la leve e saudável. “Para a finalização, não esqueça de aplicar a mousse da coleção para dar um visual encorpado os fios”, ensina a expert. À noite, aplique de 4 a 8 pipetas do sérum Dense Hair no couro cabeludo. Massageie em movimentos circulares e deixe agir até a manhã seguinte para estimular a metabolização dos ativos. “Além de não ressecar o cabelo, a aplicação rápida e fácil é um grande diferencial, assim como a eficácia comprovada da coleção”, afirma Jô.

Inspirado por: Barbara Gonçalves– Segredos de Salão